Sábado, 24 de Abril de 2010

Ida a Puerto Seguro!

Eu disse que estivesse melhor do pé iríamos Seguro, portanto fomos mesmo a Seguro, Puerto Seguro!!! Onde fica? Longe, muito longe!!! Mas vale a pena pela paisagem, sossego e tranquilidade... O pior é lá chegar!

 

Mas vamos começar pelo começo... Saímos às 8h 30m da Vertente. O passo foi sempre lento. Aprendi com a volta te quarta-feira! Mesmo assim, quando passei Alfaiates começou a doer-me o tornozelo. E como doía! Não disse nada ao Leão, para não ficar com "minhocas" na cabeça. Deixei ver como chegaria a Vilar Formoso. Embora não tivesse passado a dor, a verdade é que também não aumentou. Por isso continuei até Almeida. Aí fomos ao café de um amigo da bicicleta. (Ao que parece, vai para a semana a Fátima a partir da Guarda. Força camarada!)

 

Seguimos na direcção de Malpartida. A partir daqui começou mais um baptismo para mim. (Para o Ricardo foi a maior parte da volta!) O percurso é fenomenal: poucas subidas, piso bom e lindas vistas, com a Serra da Marofa a acompanhar-nos sempre à esquerda. De Vermiosa a Escarigo a estrada continuou uma maravilha. A certa altura questionei-me quantos portugueses conheceram aquelas bandas: 1%? Menos? Não acredito que sejam muitos os privilegiados! E Escarigo? Nunca pensei que fosse encontrar uma aldeia tão bem conservada naquele "fim de mundo", com todo o respeito!

 

Escarigo fica mesmo na fronteira, a menos de 500m. O pior é a estrada super acidentada que surge no lado espanhol. É uma questão de analisar o mapa da altimetria abaixo. (A partir do quilómetro 128.). Não foi fácil chegar a Puerto Seguro, com rampas de mais de 15% a descer e a subir. O Leão que o diga! Mas lá chegámos a Puerto Seguro, uma pequena aldeia sem vivalma. Também era a hora da sesta...

 

O resto da viagem foi tranquilo, acabando o meu baptismo em Aldea dell Obispo. Apenas uma paragem em Fuentes de Oñoro para tentar encontrar um furo lento, mas sem sucesso. O pé? Nunca mais me queixei, nem agora enquanto escrevo sinto dor! A dor deve ter passado para o Leão...

 

Mapa do passeio.
 
Passagem por Malpartida. Aqui o Leão ainda não sabia o que por lá vinha...
 Um pouco depois estávamos nesta fonte em Vermiosa.
Bonita Igreja em Vermiosa.
Já no centro de Escarigo.
Os aventureiros...
E aqui estou eu ao solzinho. E que bem estava a saber...
Igreja de Escarigo.
E finalmente Espanha: La Bouza. Eu já tinha ido a Espanha este mês, mas foi em BTT e apenas estive na fronteira. Por isso, resolvi fazer esta volta e "atravessar" esta região de Espanha. A próxima ida a Espanha pode bem ser para a semana...

A natureza aqui está ainda na sua forma natural. Vimos águias enormes e um bando de abutres, pássaros de uma envergadura superior à das cegonhas! 

Uma das rampas de 15%...
Seguro que fomos!
Igreja em Puerto Seguro.
Igreja em Villar de Ciervo.
Capela com sete cruzes à frente, em Aldea del Obispo.
Fonte em Aldea del Obispo.
Em La Bouza havia esta estrada que vinha dar a Aldea del Obispo. Se tivéssemos vindo por ela, a volta teria sido ligeiramente menor. Mas não teria sido a mesma coisa, uma vez que não teríamos ido a Puerto Seguro!

 

 

Esta foi a maior volta deste ano, até agora, mas não sei se ficará na top 3 no final do ano. Duvido muito... De qualquer maneira, foi uma grande volta de cinco brasões: Nave de Haver (Almeida), Vilar Formoso (Almeida), almeida (Almeida), Vermiosa (Figueira de Castelo Rodrigo) e Escarigo (Figueira de Castelo Rodrigo).

 

 

Ficha Técnica 

Parceiros: Ricardo Leão
Distância:

249,30 km

Tempo: 9 horas e 42 minutos
Média: 25,7 km/h
Clima:

Vento fraco.

Coração:

126 bpm

T. acumul.:

2752 m

Calorias: 8010 cal
Percurso: Covilhã, Caria, Casteleiro, Terreiro das Bruxas, Santo Estêvão, Sabugal, Rendo, Vila Boa, Nave, Alfaiates, Aldeia da Ponte, Nave de Haver, Vilar Formoso, Almeida, Malpartida, Vermiosa, Escarigo, La Bouza, PUERTO SEGURO, Villar de Ciervo, Aldea  del Obispo, Fuentes de Oñoro, Vilar Formoso, Nave de Haver, Aldeia da Ponte, Alfaiates, Nave, Vila Boa, Rendo, Sabugal, Santo Estêvão, Terreiro das Bruxas, Casteleiro, Caria
Observações:

 

publicado por beirabike às 21:00
link do post | comentar | favorito
|

Próxima volta

Amanhã, dia 12 de outubro a caminho do Angliru, Gamoniteiro e Lagos de Covadonga! Os invejosos que fiquem a morder-se!
Total do mês
0 8 3 8 , 2 6 km
0 3 1 h 4 7 m 5 3 s

2017
0 9 8 8 5 , 6 1 km
3 5 6 h 5 1 m 3 9 s

2016
0 4 8 5 0 , 9 4 km
1 8 0 h 3 0 m 2 7 s

2015
0 1 3 5 0 , 0 0 km

2014
0 7 6 3 3 , 8 8 km
2 9 4 h 4 2 m 2 7 s

2013
0 3 2 4 3 , 2 9 km

2012
0 4 3 8 8 , 3 4 km

2011
0 5 6 5 7 , 5 1 km

2010
0 8 1 9 5 , 1 2 km

2009
1 5 7 4 4 , 3 1 km

2008
1 4 6 9 6 , 5 0 km

2007
1 4 0 5 0 , 9 7 km

Calendário online com feriados municipais, páscoa, carnaval, datas comemorativas e fases da lua

.posts recentes

. Volta durinha por Fornos ...

. Volta teste...

. Mais vale pouco que nada!

. Fugindo ao calor...

. Subida à Torre

. De Seia a Salamanca ou qu...

. Volta inédita...inovando ...

. Subida à Serra

. Ida a Avis!

. Eu... Miro

.arquivos

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Setembro 2008

. Fevereiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.links

.Contador

blogs SAPO

.subscrever feeds