Quarta-feira, 30 de Abril de 2014

Volta de descompressão

Hoje aproveitei o fim da manhã e o começo da tarde para fazer uma voltinha de descompressão. Só tenho a lamentar o facto de ter esquecido de ligar o GPS depois de ter feito a visita à nova loja de bicicletas do Paulo. Perdi cerca de 3km e quase todos a descer. Só perto do Canhoso é que dei pela falha. Paciência!

 

Já ultrapassei a quilometragem do ano passado!

 

Ficha Técnica

 

Parceiros:  -
Distância:

94,05 km

Tempo: 3 horas e 10 minutos
Média: 29,7 km/h
Clima: Vento fraco moderado com rajadas moderadas

Coração:

139 bpm

T. acumul.:

1122 m

Calorias:

3371 cal

Percurso:

Covilhã, Canhoso, Caria, Monte do Bispo, Escarigo, Benquerença, Meimoa, Penamacor, Capinha, Peroviseu, Alcaria, Dominguiso, Tortosendo, Covilhã

Observações:  
publicado por beirabike às 15:32
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 28 de Abril de 2014

Batismo a S. Pedro do Esteval e não só...!

Depois de ontem ter ido de moto fazer o reconhecimento de um passeio grande futuro, hoje resolvi continuar a "apanhar" brasões. E desta vez foram logo 5, todos do concelho de Proença-a-Nova que assim fica completa!

 

Às vezes dizem que o que interessa é andar de bicicleta, e que as médias não servem para nada. Discordo! Aqui está um exemplo em que fazer "boas" média" é bom. Se eu não fosse capaz de andar a uma média de 30km/h, dificilmente poderia sair à hora que saí, 9h10m, e nem ter ficado mais de meia hora à espera que o Catarino chegasse à loja. É sempre bom saber das nossas capacidades, da nossa forma física e quanto mais for possível dar, melhor!

 

Mas mesmo não estando a andar mal, hoje foi um dia complicado. Fiquei meio perdido depois do Peral e acabei mudando o percurso. Ou seja, o que era para ter dado 241km, ficou-se apenas pelos 237km. Além disso, depois de S. Pedro do Esteval, o vento começou a soprar de lado e de frente, dificultando em muito o passeio. Mas com calma cheguei a casa.

 

Esta volta serviu para ver que preciso de mais preparação para fazer a de 335km que ontem fiz o reconhecimento.

 

Ponte sobre o Rio Ocreza
Subida magnífica com o rio Ocreza a acompanhar
Em Vale da Mua lá estava o cruzamento para o Peral, não falha!
O dia estava mesmo maravilhoso...
Igreja em Sobreira Formosa?

 Ou junta de freguesia? Acabei não entendendo.

Fonte na subida para Montes da Senhora...

...e a sua panorâmica. Muito bonito!

 Chegada a Montes da Senhora.

Chegada a Casal da Ribeira, com a ponte sobre a ribeira do Alvito.

Ribeira de Alvito

 Outra vez o rio Ocreza...

Ponte sobre o rio Ocreza na praia fluvial...
...e a praia fluvial.
Esta volta teve direito a cinco brasões, todos do concelho de Proença-a-Nova: Peral, São Pedro do Esteval, Proença-a-Nova, Sobreira Formosa e Montes da Senhora.

 

Ficha Técnica

 

Parceiros:  -
Distância:

236,86 km

Tempo: 8 horas e 40 minutos
Média: 27,3 km/h
Clima: Começou com vento fraco passando a vento moderado em Proença-a-Nova e estendendo-se para a tarde.

Coração:

145 bpm

T. acumul.:

3008 m

Calorias:

8047 cal

Percurso:

Covilhã, Fundão, Alpedrinha, Soalheira, Alcains, Castelo Branco, Perdigão, Vale da Mua, Peral, São Pedro do Esteval, Espinho Pequeno, Moitas, Proença-a-Nova, Vale de Urso, Pucariço, Sobreira Formosa, Montes da Senhora, Catraia Cimeira, Casal da Ribeira, Monte Gordo, Vale de Água, Sarzedas, Silveira dos Figos, Cabeço do Infante, Vilares de Cima, Taberna Seca, Ribeiro da Seta, Castelo Branco, Alcains, Soalheira, Alpedrinha, Fundão, Covilhã

Observações:  
publicado por beirabike às 19:55
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 25 de Abril de 2014

Dia da Liberdade

Ora aqui está um dia em que o melhor é ficar em casa. Estes dias de frio e bastante vento não são para mim. São mais para os profissionais...

 

Mesmo saindo depois das 14h, ainda estava frio. O vento estava forte o suficiente para ir abanando a bicicleta. E a vontade de pedalar, estranhamente ou não, não era muita. Mas como tinha planeado em queimar alguma gordura, tinha de pedalar cerca de duas horas. Assim, fui pedalando e curiosamente cheguei à Capinha apenas com mais dez segundos do que na volta passada! Ao quilómetro 30, o que aconteceu exatamente no cruzamento para Vale d'Água na estrada para Penamacor, voltei para trás e tive de enfrentar o vento de frente. Foi duro, mas não me derrubou!

 

Esta volta serviu para testar a minha forma física. Não há dúvida que está bem melhor e que ainda pode melhorar bastante. Uma vez li num livro o seguinte: "Se andares sempre devagar, o máximo que irás conseguir é andar devagar!" Por isso, para evoluir, são necessários alguns dias como este.

 

Domingo, se não chover, vou fazer de moto o reconhecimento de um percurso com no máximo 340km para ser feito de bicicleta mais lá para a frente, provavelmente em junho!

 

 

Ficha Técnica

 

Parceiros:  -
Distância:

64,12 km

Tempo: 2 horas e 5 minutos
Média: 30,8 km/h
Clima: Vento moderado

Coração:

149 bpm

T. acumul.:

775 m

Calorias:

2285 cal

Percurso:

Covilhã, Peroviseu, Capinha, cruzamento para Vale d'Água, Caapinha, Peroviseu, Alcaria, Dominguiso, Tortosendo, Covilhã

Observações:  
publicado por beirabike às 18:47
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 21 de Abril de 2014

Depois de uma grande volta há sempre uma volta "em grande"!

Depois da volta de sábado, a primeira acima dos 200km, saí hoje para fazer um teste à minha condição física. E, ao que parece, não está muito má. Ainda tenho muito que progredir...

 

Mas fica aqui o meu melhor registo do ano: cheguei à Capinha (pouco mais de 23km) em 39 minutos (o que dá uma média de 36km/h) e ao Penamacor (pouco mais de 42km) em 1h e 10m (o que dá uma média de 36.2km/h). Fantástico! É claro que tinha o vento a favor (não pretendo como outros enganar alguém), mas mesmo assim não foi nada mau! Como a volta é fechada (começa e acaba no mesmo ponto), o vento uma vez é a favor e depois é contra..., mas no final cheguei à UBI com média de 30km/h. Como as pernas vinham com muita tensão, resolvi ir até ao Tortosendo a um ritmo mais suave para descontrair e saber se o meu amigo Johnny Vet iria andar esta semana. Como tem a semana toda ocupada, ficou o passeio para a próxima semana... mas eu vou na mesma, se puder!

 

Amanhã há mais uma voltinha, mas desta vez mais suave para relaxar!

 

 

 

Ficha Técnica

 

Parceiros:  -
Distância:

109,15 km

Tempo: 3 horas e 47 minutos
Média: 28,9 km/h
Clima: Vento moderado

Coração:

145 bpm

T. acumul.:

1305 m

Calorias:

3866 cal

Percurso:

Covilhã, Peroviseu, Capinha, Penamacor, Meimoa, Benquerença, Escarigo, Monte do Bispo, Caria, Canhoso, Covilhã, Tortosendo, Covilhã

Observações:  
publicado por beirabike às 18:15
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 19 de Abril de 2014

Batismo a Isna...

Finalmente se concretizou a volta que há alguns anos desejava fazer e que há pouco mais de um mês a havia traçado ao pormenor.

 

Saí às 8h e às 10h já estava em Orvalho. Resolvi ir pelo Paúl para evitar a subida do Barco para Silvares. E a razão é simples: iria ser uma volta bem durinha e não havia necessidade de começar a "massacrar" tão cedo!

 

Às 10h 40m chego a Foz do Giraldo e aumentam os meus receios quanto ao tempo. O céu estava bastante enublado e parecia que poderia chover. Poderia ter desistido, mas a vontade de conhecer Isna falava mais alto. 

 

Cheguei a Oleiros com 99km e tinha pela frente uma subida inédita de 7km. Não foi nada fácil, mas não quero nem imaginar se tivesse feito a volta ao contrário. Do alto de Isna para Fórneas temos uma descida bem pronunciada! 

 

De Alvito da Beira segui na direção de Sesmo e depois para Sarzedas. Daqui poderia dizer que o caminho é conhecido, mas a minha veia aventureira inventou mais um batismo. Na saída de Taberna Seca, virei à esquerda e foi ter à estrada N112, que liga Castelo Branco a Salgueiro do Campo. Depois, antes de chegar a Castelo Branco virei outra vez à esquerda para Cafede. Que me lembre, foi a primeira vez que fiz esta estrada neste sentido. 

 

O resto do percurso foi tranquilo e nunca chegou a chover. Aliás, tive bastante sorte, pois quando cheguei a Alpedrinha a estrada estava bastante molhada. E parecia que tinha chovido há pouco tempo...

 

Resumindo, foi um passeio de quatro brasões: Estreito (Oleiros), Oleiros (Oleiros), Isna (Oleiros) e Alvito da Beira (Proença-a-Nova).

 

 

Oleiros visto da estrada que vai para Isna
Nesta imagem é bem visível o tempo que estava...
Finalmente Isna!
Por algum motivo a povoação se chama Esfrega!
Se estivesse melhor tempo, daria para ver Castelo Branco ao fundo.
Chegada a Fórneas 
Passagem por Herdade...

 Sinceramente, esperava mais de Alvito da Beira...

 

 

 

Ficha Técnica

 

Parceiros:  -
Distância:

219,67 km

Tempo: 8 horas e 26 minutos
Média: 26,0 km/h
Clima: Vento fraco passando a moderado à tarde

Coração:

138 bpm

T. acumul.:

3805 m

Calorias:

7901 cal

Percurso:

Covilhã, Tortosendo, Ourondinho, Paúl, Ourondo, Silvares, São Martinho, Barroca, Orvalho, Casas de Zebreira, Foz do Giraldo, Estreito, Ameixoeira, Milrico, Oleiros, Isna, Fórneas, Esfrega, Herdade, Alvito da Beira, Mó, Sesminho, Sesmo, Sarzedas, Silveira dos Figos, Cabeço do Infante, Vilares de Cima, Taberna Seca, Cafede, Póvoa de Rio de Moinhos, Lardosa, Soalheira, Alpedrinha, Fundão, Covilhã

Observações:  
publicado por beirabike às 17:19
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 17 de Abril de 2014

Volta de recuperação...

Depois de uma semana dura em Trás-os-Montes-e-Alto-Douro, uma voltinha a um ritmo certo e não muito puxado faz bem! Amanhã é dia de descanso para sábado ir a Isna apanhar o brasão!

 

 

 

 

Ficha Técnica

 

Parceiros: Johnny Vet
Distância:

91,63 km

Tempo: 3 horas e 27 minutos
Média: 26,5 km/h
Clima: Vento fraco

Coração:

126 bpm

T. acumul.:

1010 m

Calorias:

3098 cal

Percurso:

Covilhã, Canhoso, Caria, Casteleiro, Terreiro das Bruxas, Senhora da Póvoa, Meimoa, Benquerença, Três Povos, Capinha, Pero Viseu, Alcaria, Dominguiso, Tortosendo, Covilhã

Observações:  
publicado por beirabike às 14:16
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 16 de Abril de 2014

Batismo ao Amieiro...

Eu já sabia que a volta poderia ser bem durinha. Pensei até que a média poderia ser de 25km/h, mas foi ainda pior. Na descida para Amieiro o piso está mau e por isso não deu para rolar onde teoricamente poderíamos andar bem...

 

 

Esta foi uma volta de três brasões todos de Alijó: Castedo, Amieiro e Carlão.

 

Faltam a apenas cinco brasões do concelho de Alijó...

 

 

Começo da subida para Alijó! A povoação que se vê ao fundo é para lá ir um dia
destes. Chama-se Gouvães do Douro!
Passagem por Vilarinho de Cotas.
Paisagem sempre bela da reigão do Douro. É pena nunca captar a sensação
de estar lá ao vivo!
Igreja de Castedo!
Saída de Castedo...

 ...com o rio Douro ao fundo!

O que dizer desta paisagem?
Ao fundo vemos o rio Tua

 Chegada ao Amieiro

Igreja de Carlão

 

 

Ficha Técnica

 

Parceiros: Gil e Marialves
Distância:

129,00 km

Tempo: 5 horas e 21 minutos
Média: 24,1 km/h
Clima: Vento fraco a moderado

Coração:

129 bpm

T. acumul.:

2548 m

Calorias:

4412 cal

Percurso:

Lordelo, Vila Real, Costantim, São Cibrão, São Martinho de Anta, Sabrosa, Pinhão, Casal de Loivos, Vilarinho de Cotas, Póvoa, Cotas, Castedo, Alijó, São Mamede de Riba Tua, Safres, Amieiro, Franzilhal, Carlão, Casa da Serra, Chã, Pópulo, Jorjais, Balsa, Justes, Sanguinedo, Outeiro, Bouça, Vila Real, Lordelo

Observações:  
publicado por beirabike às 14:00
link do post | comentar | favorito
|

Próxima volta

Sábado, ida a Viseu!
Total do mês
0 8 3 8 , 2 6 km
0 3 1 h 4 7 m 5 3 s

2017
0 9 8 8 5 , 6 1 km
3 5 6 h 5 1 m 3 9 s

2016
0 4 8 5 0 , 9 4 km
1 8 0 h 3 0 m 2 7 s

2015
0 1 3 5 0 , 0 0 km

2014
0 7 6 3 3 , 8 8 km
2 9 4 h 4 2 m 2 7 s

2013
0 3 2 4 3 , 2 9 km

2012
0 4 3 8 8 , 3 4 km

2011
0 5 6 5 7 , 5 1 km

2010
0 8 1 9 5 , 1 2 km

2009
1 5 7 4 4 , 3 1 km

2008
1 4 6 9 6 , 5 0 km

2007
1 4 0 5 0 , 9 7 km

Calendário online com feriados municipais, páscoa, carnaval, datas comemorativas e fases da lua

.posts recentes

. Volta durinha por Fornos ...

. Volta teste...

. Mais vale pouco que nada!

. Fugindo ao calor...

. Subida à Torre

. De Seia a Salamanca ou qu...

. Volta inédita...inovando ...

. Subida à Serra

. Ida a Avis!

. Eu... Miro

.arquivos

. Julho 2017

. Junho 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Julho 2013

. Agosto 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Dezembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Setembro 2008

. Fevereiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.links

.Contador

blogs SAPO

.subscrever feeds